Como abrir uma empresa: Um Passo a passo para tirar as ideias do papel

Atualizado: Out 16



Muitos brasileiros tem o sonho de ser dono do próprio negócio, mas muitos desistem por medo da alta burocracia que é praticada no nosso país, e o que era sonho acaba se tornando pesadelo. Pensando nisso nós da BROCCont devolvemos um Passo a Passo com dicas para você conseguir tirar a sua ideia do papel.


1-Identificar o perfil de empreendedor


Antes de qualquer próximo passo você deve identificar se tem perfil para seu um empreendedor do mundo dos negócios, acesse o artigo Você tem Perfil para ser dono de um negócio?! O artigo trás as principais características que um dono de negócio deve ter.


2-Visualizar a ideia (canvas)


Depois de identificar se seu perfil profissional se encaixa para ser dono do próprio negócio é hora de começar a entender e visualizar a sua ideia. Você pode fazer isso de diversas formas, mas indicamos um método utilizado mundialmente chamado Business Model Canvas, mais conhecido como CANVAS, um quadro ilustrativo do seu negócio, que serve para criar e validar modelos de negócio, neste artigo do BLOG Como tirar sua ideia do papel através do Método Canvas, tem um modelo pronto para baixar e você começar a colocar seu plano em ação.


3-Quanto que custa para abrir um negócio (plano de negócio)


Um dos principais focos do futuro empresário é o valor a ser investido no seu novo empreendimento, mas antes de querer descobrir incansavelmente o quando de dinheiro vai precisar para tornar seu sonho realidade, temos que pensar, planejar e viabilizar o negócio.

E a principal ferramenta para qualquer negócio é o Plano de Negócio, não existe um modelo único mas informações importantes que todo bom Plano de Negócio deve ter, dentre elas:


1 SUMÁRIO EXECUTIVO: com os principiais dados do empreendimento como nome, endereço, informações da gestão, missão, visão, valores, setor de atividade, forma jurídica, enquadramento tributário, capital social, fonte de recursos, dentro outros.

2. ANÁLISE DE MERCADO: informações como segmento, estudos de clientes, público alvo, pesquisa de mercado, estudo concorrentes e estudo dos principais fornecedores

3. PLANO DE MARKETING: descrição do posicionamento que a empresa quer ter no mercado, descrição dos serviços, principais diferenciais, preço, estratégias promocionais, estrutura de mercado, e demais que julgar necessário para ter um bom plano de marketing

4. PLANO OPERACIONAL: dentro da sua estrutura comercial é importante entender sua capacidade produtiva (aqui elencamos serviços, mercadorias e produtos), o processo operacional e a necessidade de pessoal.

5. PLANO FINANCEIRO: uma das partes que os futuros empresários consideram mais importante, mas aqui vale observar que se você não tiver as etapas anteriores muito bem definidas dificilmente consegui-rá quantificar seu investimento inicial. Nesta parte do Plano de Negócio deve ser levantado o investimento inicial, custos fixos, previsão de receitas, custos variáveis, ponto de equilíbrio, previsão de retorno e demais informações e indicadores que julgar necessário para seu empreendimento.


4-Processo de Registro


Na fase do Plano de Negócio é muito importante levantar as licenças e alvarás necessários para o empreendimento, nesta fase você já vai precisar obrigatoriamente de uma empresa de contabilidade, e em alguns casos de assessoria jurídica, muitos não dão a devida importância para o processo de registro, mas uma organização registrada da forma correta pode evitar muita dor de cabeça e imprevistos.

Na maioria dos estados brasileiros iniciamos fazendo um pedido de viabilidade, nele serão verificados nos mais diversos órgãos fiscalizadores (prefeitura, bombeiros. vigilância sanitária, meio ambiente,...) se a atividades da organização são permitidas no endereço solicitado, com o pedido de viabilidade aprovado é hora de solicitar CNPJ registrar o ato constitutivo e solicitar as demais licenças.


Dando vida a sua empresa


Com a empresa devidamente registrada, é hora de inciar as atividades, conforme já identificado no Plano de Negócio o enquadramento tributário foi definido, e um bom sistema de gestão foi escolhido e sua empresa já está preparada para emitir os documentos fiscais, importante registrar que a partir do registro da sua empresa a assessoria contábil se torna parte integrante e fundamental para a gestão da sua empresa, todos os documentos gerados, sejam eles pagamento ou recebimentos, devem ser enviados para a contabilidade, pois através dos registros de todos os atos administrativos e financeiros é possível gerar demonstrativos contábeis e seus respectivos indicadores


Acesse esse artigo e entenda por que a contabilidade da sua empresa é tão importante na tomada de decisão: A importância da contabilidade para empresas.


Quer entender como uma boa assessoria contábil pode fazer diferença na sua empresa acesse aqui


Afinal todo empresário de sucesso tem ao seu lado profissionais que auxiliam na gestão do seu negócio, pense bem, com uma boa assessoria o dono de negócio pode se dedicar a funções que geram valor e aumentam a lucratividade da sua empresa, através de decisões assertivas e dados que expressam o presente o projetam o futuro.